25 de abril de 2010

"Porque não são os teus lados que me faz te ver como pessoa. Mas sim, aquilo que lhe torna real, o que está por dentro. Dispenso um rosto, alguns traços para ver um olhar. Esqueço um corpo, para me entregar."

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...