16 de novembro de 2010

"Não é tudo justamente como bem queremos. Mas é como o tempo passa, e a gente espera. Um olhar de cata-ventos ... Sem uma culpa inocente. Coisas que foram feitas, já se foram. E Deus ensina, o que é impossível de não acontecer. Qualquer pecado mora ao lado de qualquer um, mas quem o teme. Não vê que o impossível, é só um possível que não quer realizar. Só se aperfeiçoa quem sabe dos teus próprios defeitos."

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...