27 de novembro de 2010

Nem benificientes ações mudarão o mundo. Mas o mundo mostrará o efeito de tantas atrocidades sem precisão. O mundo é preciso, e a ação ineficiente não!

"Se somos o futuro. Deveria haver formas de então agir nele, ao invés de ficarmos a pensar como será o amanhã ... As indústrias poluem, a lei age do jeito que quer, e o povo torna-se alvo fútil de armas de fogo. Esquecem de tudo que não é falado, e perdem-se naquilo que não deveria se ouvir ou ver. A medicina controla o meio de cura para longos vícios de tratamentos. O homem detrata-se ao pensar que a tecnologia é a sã mudança de estado parcial do mundo."

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...