4 de dezembro de 2010

"È por não saber explicar, que nunca vai saber se é ou simplesmente não o é. Independetemente do quê, por via das dúvidas, não faz. E isso explica todo o resultado não obtido, por que nunca fez, ao contrário de se explicar."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...