6 de dezembro de 2010

"Toda forma de aborrecimento pra mim também é um estado de lucidez. Não me irrito com isso, prefiro entender qualquer sentimento alheio como uma vazão para deixar o que não importa, nos apegando aquilo que nos torna prático a entender e não se importar com o que não importa a nós. Desprezo a ignorância e ignoro qualquer desprezo, pois sou visionário e não um detrator."

O elixir da vida

Que frui como fumaça espessa e sem pesar Não faz desvendar nenhum mistério Onde olhos algum vê, sente a alma e morre o corpo E no além d...