5 de dezembro de 2010

Verti as meretrizes dentro de mim
Rumo a um lugar sem fim
Não havia um paraíso
Não havia se quer frontes
Que me detivessem, lá
Os holofotes nos olhares
As coisas que dizia, como
As coisas que me faziam
Segui... Segui... E segui,
Rompi teus desejos
E realizei alguns dos meus sonhos
E hoje também era um bom dia
Não para contar uma outra história
"E se fosse sempre assim
Mesmo quando ruim, bom!"
Nem mesmo aquelas cores eram
Ou são parte de um cálculo jaz
Óbvio para saber que tudo
O que se mistura, um
Resultado á nos favorece
São as cores dos teus olhos
Que vêem vida aqui
E desperta dentro um sentimento teu
E fazer com que conheça os meus
Seria diversificar você, num eu meu
Saúde o sol ao amanhecer
E quando a noite cair
Diga as estrelas, que cada uma delas
São Deuses & Deusas."

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...