Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

quarta-feira, 21 de março de 2012

Que nos vedem os olhos
E nos matem num sonho
O que perdemos? E agora?
O que cantam neste lamento?
[...]
Quantos andam ali?
Quem enterram na imaginação?
O que tangem?
È uma bruxa ou um sonho?

Não tenho pressa para os prazeres da vida. Isso da mesma forma em que construo meus horizontes futuros.

segunda-feira, 19 de março de 2012

"Dormir não esconde segredos, despertar nem sempre é a razão de estarmos vivos. E nada disso pode ser evidente se nos viramos novamente."

quarta-feira, 14 de março de 2012

"Pensando como se uma vela, essa luz que é minha poesia, dissipa o terror. Não como a sorte, mas como o risco que se corre ao desejar profundamente."

"O sonho em ...

Que este dia também seja um mundo
Em que a mente reinventa o que pensa
Recicla o que se deixa pra lá de cá
Sem atender aos adeuses da vida

Que este dia seja uma ápice intocável
Por qualquer male que exista na terra
Vindo dos céus, morada de reis
È esta melodia que dança sem temometro

Reparando cada coisa impossível,
Fazendo parte do que se realiza
E por não ser distante e reparar,
tudo se realiza, como se num passe de mágica

Declara o mundo que leva na mala
Que não há segredos, por isso esquece os medos
È só um fardo infinitesimal do empirismo
Que não é impossível realizar...

Que esta porta aberta também leva ao vilarejo
E que o coração tranquilo, toca música
E passos que caminham, voam ao deslizar sobre a terra
E leve este dia, que te trará sempre alegria.

(Dia internacional da Poesia)
14/03/2012

quinta-feira, 1 de março de 2012

"As vezes não determinamos de onde vem... Mas é como se soubéssemos para onde vamos."

"Lírio de todas as cores,



Que todas estas cores sejam sua pele
Que cada horizonte que corto ao olhar,
seja um lugar para tu habitar,
Uma nova vida que se descobre a cada tempo

Que estas cores, pintem o seu ser
E a cada alvorecer um desenho novo,
Ela se faça por ter, e em mim, faça crescer
Uma inspiração que nunca se sonhou

Pois este orvalho que pinga sua tinta
Colore o chão com o seu olhar
E faz nascer da terra uma nova esperança
Como se a tela que tocas com a ponta dos dedos

Sem o pincel que encobre o branco
Criando vida sobre a folha que jaz em transe
Vendo o sol que nasce em seus olhos
Como um verão que aquece sua alma, a desenhar

E a vida que passa gentilmente como uma canção
Lhes seja um presente de cada amanhecer
Para que acredite nos sonhos,
além desta mera e coincidente realidade.
.//Giulia.