Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

sexta-feira, 29 de junho de 2012

"Não são as escolhas que nos tornam diferentes do que queremos ser. È o que somos que fazem as escolhas certas."
"È mais intelígivel ouvir para aprender do que falar sem mesmo o saber."

terça-feira, 26 de junho de 2012

"Achado e perdido,


No íntimo firmamento do olhar
Que nada encontrava, senão ver 
O que não queria lhes parecer 
Realidade por se mover 
 
Ouvir nem era tanto ser
 ver deveria ser o 'crer' 
A que diversos momentos acontecia 
Èramos jovens e isso era passado 
 
E que assim nem tanto importava 
 Não deveria se assim soubéssemos 
Sem a certeza dos barulhos, 
 então passava a vida por nós 
 
Sem que ainda soubéssemos 
Que tudo passa, e nada é, 
senão o que vemos sem ouvir.
 
[Poema inédito/Publicado.
"Meus delírios foram todos experiências com coisas reais."

segunda-feira, 25 de junho de 2012

[Psicologia reversa]

terça-feira, 12 de junho de 2012


"O tempo antigo que se viveram os homens,
Não é o tempo que se vive os de hoje
Pois a lealdade é fruto do pensamento
Que quando deseja com realeza
A vida se torna a própria virtude
Pois os homens de hoje se esquecem,
De amar quem mesmo não os amam
E aqui que se inicia uma nova vida,
Um novo sonho a que realizar
E mesmo que....
Distante, vale mesmo a pena crer,
Que na vida necessitamos de nós
Para ajudar e acreditar nos outros,
Pois nem tudo que tem valor
è o que necessitamos, basta existir
Para se ver o milagre que é a vida.

//Senhorita, Ju Aires

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Um dia sonhamos, em sermos,
Sermos um sonho distante
De toda realidade que não nos faz bem
Por isso ainda de olhos abertos, podemos imaginar

Que somos como uma máquina do tempo
Que faz das coisas um termo,
A que nos compromete a vida,
Que desejamos então viver

Pensar, querer, lutar ...
È como buscar um sonho
Que ainda não somos,
Mas desejamos realizar

Fosse ela uma fada
E ele um rei
Nunca seriam iguais,
Para que tivessem as indiferenças a conhecer.

Resistir até que este tempo tivesse voltado,
E mesmo que não acredite, prefiro que sinta
Eu a amo como se a conhecesse de um longo tempo
Que somente eu sei o quanto esperei

//Senhorita, Ju Aires

Valeu a pena? 
Tudo vale a pena/ 
Se a alma não é pequena. / 
Quem quer passar além do bojador 
Tem que passar além da dor 
Deus ao mar o perigo e o abismo deu, 
Mas nele é que se espelhou o céu.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

 "O sonho a realidade
O distinto pensamento
Sobre o tempo,
que passa.

A hora em que estamos,
prestes a sermos
Um simples sonho
Que se quer sonhamos

Pensamos, pensamos, apenas
Sentimos isso passar
Por nós, por estas coisas
Aqui neste silencio que jaz

A esperança do amanhecer,
da noite que sempre cai
Para trazer um novo sol
Sobre a lua que te dou, ao sonhar.
"As vezes o tempo passa,
a gente esquece
E não há saudade
Só um espaço para o que chama-se
Esquecimento.
È como uma bala
Que atinge seu alvo
sem saber se vai ou não
Derrubá-lo."

domingo, 3 de junho de 2012

"Estas coisas que sonhamos são sínteses do que podemos ter. São como coisas absurdas que não pensamos, mas aparecem em nossos pensamentos. È um fundamento incrédulo da realidade, é a partitura dos olhos, as notas do infininito firmamento."