Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

quarta-feira, 20 de março de 2013

            "Ponto de orvalho,
          
Quase que faz nevar
                       Uma atmosfera sem visibildiade

             O vento carrega as nuvens

                    Cobrem a lua gibosa

            Logo chegrá o nascer do sol

       E assim se aproximará o pôr-do-sol

                     A possibilidade do precipício

            Na madrugada uma chuva fraca

   Sem neblina, visíveis luzes acesas.
           "Nos adeuses dos dias que se passam.Haverá o motivo d´outro aproximar do tempo."
     "Nada morre, tudo se vai. Nada fica, algo permanece, apenas. Nada tens, tudo é o que fica."
                    "Peço desculpas aos que me lêem, pois tenho sido ausente neste espaço. Dividamente a um processo de correção e revisão ortográfica. O que de certo relaciona-se a um livro que em breve será publicado. Alguns textos e poemas daqui estão sendo selecionados. E para aqueles que são pacientes, desejo-lhes tudo o que esperam ...
                                             ...

segunda-feira, 11 de março de 2013

                             "Agora que ele passa a ser reconhecido. deixará para trás algumas coisas, não tão materiais. Pode referir-se há algumas pessoas. Métodos e meios que passaram, não serviram.Agora eis que surge um novo modo, profundo de pensamento, é ousado e belo, intuitivo, faz aproximar-se o incrível. È indefinido, mas de tal caráter que pode se estremecer a alma quando perto. Não por mera criatividade e enleios de pensamentosm mortos. È novo inspirador e fascinante. E só servirá para os que sabem amarem a si, sem esperar de ninguém. È extraordinário e pode criar sua própria realidade.
      "Sabe que quando cedo, tarde chegará... Para que cedo volte logo."

//Jefferson Henrique
       Latitude 38" 42'Norte
       Longitude 9" 05'Oeste

15Horas e 58Minutos, Março.
Sem hora de verão no momento, 14° Muito nublado.

sábado, 9 de março de 2013

                       Ele corre como se ousado ao medo
                               E se assusta ao som do vento,
                Passa por tudo, em nada fica
                       Assim como frio, sabe da realidade
 
                 Espera pelo trovão que clareia
                       Sente dor, como quem esta vivo
            Sabe ser a chuva e impede o holocausto
                   Tem um incrível pintura de guerra

                  A quem desenhou uma linda criança
                          Parte a outros lugares, portos, cais
              Quem pode ir, senão ele para cumprir o destino?
                 E não importa o que traga os mares

                           Profundo, marítimo, intocável
                 Um divano sonho perdido,
                     Interminável história, sentidos
               Que todos os horizontes realiza.

quinta-feira, 7 de março de 2013

            "Não é necessário subterfúgios quando se tem verdadeiras razões para encontrar aquilo que esta perdido."

terça-feira, 5 de março de 2013

                                  O que não se diz, não se escreve
                              Como o que se forma, é feito e sentido
                              Sobre aquilo que não pensa, não se faz
                              Ao até acontecido que nunca planejado.
Chove lá fora, e se ouve passar a vida,
O tempo derradeiro de mais um dia
O que se perde quando o tempo passa?
A quem perceba e sinta o que há que acontece

Um apelo que se esconde aos orvalhos
Que despencam altos galhos floridos
O que não se diz, não se escreve
Como o que se forma, é feito e sentido

Sobre aquilo que não pensa, não se faz
Ao até acontecido que nunca planejado
Santidade que faz o destino mostrar
O sono que trás o sol da meia-noite

Venta lá fora com a chuva, faz barulho
Enaltece sobre o pensamento uma visão
Que do além-do-além vem a realidade
Noite e dia o tempo inteiro ...
Você acredita em destino ou chances
Milagres ou coincidências
Você diria que todas as pessoas
Vivem suas vidas para o bem ou para o mal?
Alguns alcançaram o fim
da paciência
Começaram a brincar com as criações de Deus.
 
Se devemos morrer agora isso acontecerá
Se somos bons iremos para o paraíso
Se nós devemos viver então assim será
 
Tudo é fixado e predeterminado
Só o tempo irá acabar com os pecados.
 
[Helloween]
 
 

segunda-feira, 4 de março de 2013

                  A neblina desce como se esvai o vento,
                     Sobre a cidade baixa
                Cobrindo a neve da montanha
                   Cintila no quarto uma vela

                                                Uma noite inocente pela luna
                                              Que cai em alta alvorada de luz
                                                 È uma cena mágica ....
                                                Talvez apenas um sonho,
     
                     E se estivesse aqui,
                           Desejaria ir além da realidade,
                   Dançar na neve, e encontrar o que precisa.
                        Refletindo o som do coração.


  "Faz poucas horas que ela nasceu. È como a certeza de que tudo esta e ficará bem! Não ser isso uma novidade, até mesmo pelas poucas horas. Ansiando o tempo que virá, eu desejo a Ana Clara que ela só não seja feliz, mas que traga também a felicidade que se deseja ... Faz poucas horas que ela nasceu, e a vida começa ter mais sentido do que antes havia."
          "Não se cobre tanto, toda criança cai."

sexta-feira, 1 de março de 2013

         "È que eu não reconheço elogios. Eu os relevo como palavras, que passam e não se mostram como dizem. Sou assim, estranho a quem não sabe elogiar o que nunca viu."