28 de julho de 2010

"Quando um homem pergunta-me que horas são! Respondo-lhe da forma que meu olhos enxergam; Pois não engulo os minutos, mas sim posso decifrá-los. E nem mesmo adianto as horas, pois não sou o dono do tempo."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...