26 de novembro de 2010

Habilmente desapegado das coisas perfeitas, só para ser meu próprio ideal.
"Isento de cólera & ódio, meu corpo não reage ao que ouve. Mas movimenta-se através dos meus desejos e vontades. Não tenho poderes e assim não torno-me nenhum um tipo de posse."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...