3 de dezembro de 2010

...
Quero sempre poder chegar
E ver um sorriso brotar-se
Seja dentro ou exposto
Quero vagamente ser, a alegria
Que não se falam, mas presentes
Vivem ...
Eu?
Ah, eu não sei
Só vejo o que está fora
E para dentro de mim
Tens que observar
E ver-me florescer a cada dia
Que se finda pelas noites inteiras
Quero um trem


O elixir da vida

Que frui como fumaça espessa e sem pesar Não faz desvendar nenhum mistério Onde olhos algum vê, sente a alma e morre o corpo E no além d...