23 de janeiro de 2013

"Doce sorriso, que parece dançar
Num olhar terno de menina
De lábios ondulados que encantam
Olhos claros que colorem o mar

Reflete infinitas estrelas
E faz nascer uma monção de rosas
Num campo desejado a se deitar
Ela inspira quem te vê dormir

De tristezas que lhes abatem
De sorrisos que te assumem
Sua alma é visível de fé
Faz-me sonhar um sonho

Constrói um mundo quando imagina
E sem ela nada é isso
Que se desenha em linhas
Antes perdidas, mas agora encontradas.

//Brenda Moreira

"Somos feito uma imagem de um som inaudível! A cor como o mais rarefeito da vida em sua existência interna. Coisa pela qual nada ...