28 de maio de 2018

Por mais insanas e lúcidas que sejam as razões para o surgimento de dores de cabeça, stress e outros malefícios do corpo humano. Estou convicto de que nós também temos a capacidade de expirar todas essas coisas que tentam nos assolar. Com a troca do pensamento e atitudes pelo aterrador silêncio.  E mais ainda, criar o anseio de não dormir a noite, mas permitir que a vida em nós durma. E amanhã ela realize o sonho... Abandonar sentimentos ruins por coisas do passado ou até momentâneas. E permitir em nós o esvaziar, para que a alma habite em nós e cuide de cada osso e ação que vamos tomar.

Essas sensações que me surgem e me tomam por suas cores invisíveis e de finitudes indomáveis. Me fazem saber que estou no caminho certo, não...