15 de novembro de 2009

    Eu pensei ter analisado um homem quando então notei sua ignorância. Não era ela quem eu havia notado, mas sim que nada de outras pessoas ela se importava. Me surpreendi, pois ele reparava tão bem que disse que eu nada dizia... Isso por que dele eu apenas notei e não disse.
  Costumo me enganar, mas não enganar!
Eu na verdade não costumo me importar quando falam sobre o que eu nem mesmo sei, deve ser por isso que não falo nada, por não saber. Mas aprender quando posso, se isso é certo, ou errado. Eu ainda irei descobrir...
           "Isso pode se tornar assunto em mesa de bar...

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...