Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

    . ♠ ( E todos permaneciam firmes, mesmo quando haviam tantas dificuldades. Guardavam suas moradas, e protegiam suas famílias. Seguiam para o reino dos Deuses, e enfrentavam dias de frio, e noites de perigos constantes. Sobre as infinitas florestas, se propagava o rastro da morte. Mas aquele que tinha fé, permanecia de pé. Os destinos eram cravado nas pedras, e quem ousaria tropeçar sobre elas. A cavalgada era longa, e parecia não ter fim. A léguas estava o que se não podia comprar... Os gigantes eram de tal perversão que se ouvir os ruídos estrondar sobre as montanhas. Movia blocos de neves. Estavam constante aos ataques, e pareciam querer destruir tudo que se movia. Com tochas de fogo, tudo parecia sair de suas bocas, como as grandes mentiras. Mas havia sempre quem seguia noites escuras, a cavalgar sem medo, sabendo que a morte estava longe. Era apenas a sensção do frio que os incomodavam. E os gigantes, eram sempre mandados de volta!
Não havia quem os fizessem se ajoelharem. As guerras eram constantes, e apenas os que descendiam Asgaard. Compartilhavam um sangue puro e desonrado ao medo. Era só os ventos frios que os faziam tremer. Mas as fogueiras, os confortavam. ) ♠ .
    ─  Era toda uma era de espadas, lanças. Onde valia dizer a verdade, e deixar os campos. Assim lutavam todos pela honra, por suas eternas glórias. Ao lado da morte e do fogo.