13 de janeiro de 2010

"Bebidas e cigarros!
Poesias e insanidades... Este são meus paradigmas!
Viver e sorrir, seguir e ser feliz!
Querer, ter, perder, sonhar, sentir... Acordar e desejar viver
Dormir e despertar, e se quiser, realizar. Tremer aos pesadelos,
e apenas, achar graça... Para usá-los, como inspirações."

"Somos feito uma imagem de um som inaudível! A cor como o mais rarefeito da vida em sua existência interna. Coisa pela qual nada ...