28 de janeiro de 2010

"Não quero esta certeza, quero viver isto que quero, arriscar nunca me causou mal, mas não fazer, sempre me custou deixar coisas passarem. Quero apenas que meus momentos, sejam sinceros. Sonho nas noites, arrisco nos meus dias, e sou feliz por não deixar nada passar. È um aeon, quando tentamos... Se não conseguimos, somos felizes por termos arriscado. Quando não fazemos, pelos riscos. Nos frustramos."
            "Agora sabe, porque não esta sempre a sorrir."

"Na vigília dessa noite, enquanto todos dormiam. O mundo a se mover sem perceberem da mesma forma ao estarem todos despertos. Movia-se ...