25 de janeiro de 2010

"Sem saber o que é, eu desejo lhe surpreender... Se dizer que sim, conhecerá. Se dizer que não, talvez deixará passar algo novo. A liberdade pelas coisas que amo, torna a minha vida magica, com seu retorno. A minha conquista, com sua paragem no tempo, a impressão de que tive um dia, mas de que nunca foi meu."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...