26 de janeiro de 2010

"Tempestuosos, como água e fogo
trilhava olhos inquietos que se
moviam de um lado para o outro sem parar...

Um pouco de preocupação, nunca
mancharia uma história.
A determinação de esperar um momento é o
que te faz ver nascer o luar...

Assim como, o perfume carmesim, das
delicadas rosas.
A lua das montanhas
somos diferentes, de cada ser.

Este mundo meu, é tão vasto
quanto você a querer mandar na sua
imaginação.
Onde eu o transformo em ator,
que consome suas próprias vontades.

Aqui é sua fuga, e um abrigo
onde pode esquecer
aquilo que lhe faz mal, para
relembrar a mágica de quando criança.

Nesta vida e terra, podemos ser tudo
se posso me mover, acredito que posso voar..."

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...