22 de março de 2010

      Essas filosofias... Encantam até o mar. Arrebata a tristeza e faz nascer um sorriso. A estas filosofias, que nascem em meus sonhos, e se idealizam a cada dia. Faz brotar um novo amor, para sentir o que é a vida. E estas poesias, faz morrer a depressão, para surgir uma nova vida. Cria estradas num caminho, e deixa pra lá ao longe os atalhos. Aqui eu te faço desejar a liberdade... Não pense que aqui passarei dos meus limites, não somos inconseqüentes em função daquilo que não querem. Mas podemos ultrapassar os limites quando sentirmos que irá nos fazer bem. Tenho a liberdade e não poder.
          È aqui que eu vou transformar o meu, amanhã...

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...