12 de abril de 2010

      ∙ Dê-me todas as suas fantasias, em um momento. Eu acho que posso lhe dar com todas elas, se não fingirei ser meus sonhos misturados aos teus. Qualquer um sabe que vale a pena tentar. Se você não pode nada mais, dar. Meus olhos vêem uma paragem no tempo. E você tem alguns sonhos? Já pensou neles? Vamos ver se podemos encontrar mais alguns deles... Você pra mim, será como o brilho do sol. Como se nós estivéssemos sonhando e eu pudesse fazer a chuva.
"È como poder lhe mostrar coisas que você nunca imaginou que teria, ou pensou que veria."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!