7 de abril de 2010

     ─ “Espere pra ver o que ocupará estas palavras, que soam simples... Mas atraem a curiosidade! Se engano meu, eu o causei, se impressão sua. Descobrir!
"Deixei esta mensagem mas é pequena demais para usar neste momento..."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!