22 de julho de 2010

'O que é verdade? Simplesmente por ser, com a simplicidade de moldar os traços. Aqueles que jazem em tristeza, são os mais delicados a se fazer nascer um novo riso, que vem de dentro, e se não for assim, toda aquela alegria, seriam apenas meras fantasias, pois sei que toda a indesejada tristeza nasce de enredos que se passam, como todos os carnavais...'
"O que é verdade, é que as tristezas inspiram verdadeiras, alegorias reais permanentes ao momento, passada para uma nova melodia"

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...