7 de fevereiro de 2011

"E se eu colher espinhos, que eles perfurem meus dedos, pois só assim, saberei aonde não tocar e ir. E se o veneno, fazer com que fique cego por um segundo, que eu possa ver, o que está dentro de mim. Para depois enxergar a vida."
Jefferson Henrique
____________________________

"Eu esforço-me em encontrar as palavras que me vêem com facilidade. Nego os sentidos, e vivo o realismo de sentir o que quero. E não posso mais aceitar as mãos de quem conduz a rejeição... È uma tentativa lisa e vã ao fechamento do encontro ideal dos sonhos. Muitas coisas que eu disse, nego para não ser a verdade indesejada. E muito do que ainda não disse irei viver."

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...