28 de fevereiro de 2011

Lá se encontra tantas coisas...
Pode-se parar um minuto
Aqui,
Basta imaginar, como seria
Os sentidos eufóricos
Silenciados pela paz em existir
Num lugar
Que não se troca os pensamentos
Mas dá vida a eles,
Vivificam,
Não só o corpo,
Mas refrigera a alma
E o jardim da casa é bonito
Pode-se conhecer outros cômodos

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...