28 de fevereiro de 2011

Lá se encontra tantas coisas...
Pode-se parar um minuto
Aqui,
Basta imaginar, como seria
Os sentidos eufóricos
Silenciados pela paz em existir
Num lugar
Que não se troca os pensamentos
Mas dá vida a eles,
Vivificam,
Não só o corpo,
Mas refrigera a alma
E o jardim da casa é bonito
Pode-se conhecer outros cômodos

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...