19 de abril de 2011

"Poema feito mulher."

Que desde quando nascem, são cuidadosas
Brincam nas rodas de cirandas
Crescem nas margens das arteirices
Meninas pequenas tornando-se grandes

Imaginam o mundo na meninice
Edifica os sonhos como num dia
Que comemora fora de hora
Dedicas a vida por todo segundo

dançando ou cantando, brincando ou brigando
Andando ou correndo, dormindo ou sonhando
Chegando ou até mesmo indo, sempre a estar
Cá ou lá, aqui ou acolá...

Contadora de historinhas
bem-feitoras e magistrais
Senhoras reclamonas
Mulheres mandonas

E que além de tudo
Se faz presente, mulheres
Lendárias, dádivas de Deus
Homenageadas a cada alvorecer
Que se amanhece...


Nós que confiamos em Deus, sabemos que não é  porque podemos uma ou outra coisa que a vida se realiza ou está realizada, mas é na superiorid...