Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

sexta-feira, 15 de abril de 2011

"Um dia pensei que tudo fosse aquilo

Que eu não via, e na entrada reflexão

De um dia sombrio, me vi sem luz

E quando a luz me fez brilhar só de ver

Enxerguei onde estava mi'alma

Que agora liberta-se dos medos

E abranda coragem para caminhar

Num mundo aonde há treva

E se ela me volve, eu saio

Tenho limites, e conheço a morte

E ela por não me conhecer, nunca me terá

Se não for pela vontade do criador

Estes últimos dias, estive na válvula do neutro

Pensando ser entrevido por inconsequências

Desregresso aquele dia, que findou isso

Para que neste súbito pensar

Tudo volte ao lugar de onde veio

Pois em mim habita uma generosa maestria

Sou mais do que um homem, nem se quer sou poeta

Sou aquilo que esta exposto além de mim

Meus sentimentos vividos em mim

Transparecerão a possibilidade

De que tudo na vida, deve ser feito

Com inteligência, e diante de uma reflexão

Inventar o momento, e não sê-lo

Para que se possa enxergar as vantagens

Da realidade, manter o passado morto

Pois as vezes se pensado, traz a morte do amanhã

E ao contrário disso, é necessário

A esperança no sorriso que ainda não

Esta brotado, mas nascerá com a vontade de Deus.