Levanta-te

"Isso tudo aqui é muito lindo ... Mas não sou assim,
sou o que falo quando não penso pra falar."

__________________________________
"Direitos Autorais."
Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime estabelecido pelo artigo 184, do Código Penal Brasileiro. Não copie sem divulgar a autoria !

sábado, 30 de julho de 2011

As vezes passamos os dias sem mesmo algo que nos faça pensar, imaginar, desejar. È como se fosse um vazio que nos enternece de maneira absoluta sem ter até mesmo o que fazer. Mas chega um tempo em que os barulhos voltam, como se fossem nossos pensamentos. São como vagos furos preenchidos com a cor de uma alma que nos cintila o que se considera belo, a gente passa a ter ânimo até para sorrir quando se faz o silêncio. È tudo como um balé estelar, onde as estrelas se escondem do outro lado do mundo, onde não estamos, mas precisamos chegar: È quando esperar o momento certo em dizer as palavras certas. Em algum lugar no tempo está a nossa espera aquilo que chamamos de destino, incerto ou não, lá sempre vai estar. Todo esforço por aquilo que é fácil torna-se simples de se perder. Todo esforço por aquilo que nos será difícil de conquistar, torna-se a conquista mais valiosa de nossas vidas, não uma, mas parte de muitas que conseguimos e conosco permanece. Nem mesmo que a violência das palavras nos afaste ou que o gesto não seja o esperado, existe uma maneira de manter por perto aquilo que queremos. Um rarefeito como ver a lua a luz do dia sem seu brilho, como também conquistar uma mulher de uma maneira desejosa sem a concepção da malícia. Como se o silêncio valesse mais do que as palavras, e as palavras valessem tanto quando a um gesto que desejamos dar. E se este mundo gira como se diz, passo a passo posso chegar ao teu lado a vê-la dançar. Como se numa Primavera florir aos campos, e no Verão ensolarar os mundos, os nossos mundos. E no Outono cobrir-te aos beijos em lençóis finos, para que no Inverno o calor de um sentimento esteja a mantê-la segura dos tempos, que não podem nos naufragar.
"Podemos chorar sem som, no vazio de um silêncio. E deixando as lágrimas caírem mergulhar sobre finos orvalhos que nos cobrem de ternura e saber." Nem tudo precisa ser de uma maneira nossa, mas que seja feita com paciência ao lado do que chamamos destino, para entender que quando estamos diante daquilo que nos faz bem, podemos arriscar para ter, e se assim não, continuar como quem ainda quer viver as melhores coisa da vida, o 'Amor.'
//Stephs .