16 de agosto de 2011

"Faça o que for, faça! Seja como for, viva. Tente uma vez, erre. Perca um dia, terá outro. Seja incapaz, mas ouse. Crie uma idéia. Suspire... Termine a lição, e não pare. Modere os gestos, mas mude pouco. Faça-me um favor, divida. Parte do passado, um futuro. Lembre-se de que isso tem 'seu' significado...
Desistir é um tédio, não faça."

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...