11 de agosto de 2011

Pra que justificar a dor que sente pela saudade? Você não vê, mas inventa sentir, e isso tudo pra que? Pra doer sem existir uma dor vista? Não acredito que a saudade nos coloque um passo daquilo que queremos quando falamos nela, mas ir ao encontro do que sentimos falta é o que nos torne nobre. Assim não dói como se diz, mas nos faz feliz a cada passo que damos por nos aproximar:


"Pra que te querem? Se seus atos demonstram falsas emoções?
Depende tudo de uma coisa só: Ser você mesmo, transparecer
Não deve sentir medo do que realmente você é.
"

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...