20 de fevereiro de 2012

"Eu tenho todas as palavras do mundo a te dar, mas aqui prefiro observá-la, e dizer pouco, para que seja muito, o que poderemos viver."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...