21 de março de 2012

Que nos vedem os olhos
E nos matem num sonho
O que perdemos? E agora?
O que cantam neste lamento?
[...]
Quantos andam ali?
Quem enterram na imaginação?
O que tangem?
È uma bruxa ou um sonho?

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...