12 de abril de 2012

Eu já falei tantas vezes
E você nada de me ouvir.

Vão-se os dias, anos e meses
E tudo que você sabe fazer é sentir.

Quantas canções falam de você
Tantas paixões sem você não são.

Não pare nunca pra eu não morrer
Nem voe tão mais além do chão.

Chega de manha, não me assanha
Doido, louco, maluco coração.

Coração surdo não tem juízo
Não ouve nunca a voz da razão.

(Z//B


Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...