23 de setembro de 2012

"E se não bastasse o tempo como se um grão de areia. De certo, o destino haveria de se cumprir. Fosse bom ou ruim, deveria saber; "Não se sobrevive para os homens, mas se luta por si." Como se pode ser julgado se tudo que fez, foi por boas intenções? E mesmo que não entenda, acreditar no paraíso é uma ápice intocável, até que se possa criar o seu próprio paraíso afim de nunca ter acreditado viver no abismo. Se no escuro somos todos iguais, na concepção do tempo, seremos sempre um pequeno grão de areia."

Toda essa euforia pelo qual o tempo tem transtornado, o rarefeito em que a maioria dos homens negam por insuficiência física, causando o des...