1 de março de 2013

         "È que eu não reconheço elogios. Eu os relevo como palavras, que passam e não se mostram como dizem. Sou assim, estranho a quem não sabe elogiar o que nunca viu."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...