29 de abril de 2013

     "Ao longo disso tudo que há. Para além das montanhas, havia algo escrito lá. para que os passos pudessem serem conduzidos. Não sabíamos, mas havia e há um destino escrito. E por todo determínio aos planos, somente o que for preciso se mostrará aos olhos e sentidos."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!