30 de abril de 2013

Pois tampoucas coisas precisam se mostrar para compreender. Se tornam esperas dos mistérios, que só contará quem procurar o que chama-se, inesperado."

"É como se uma máquina de ferro fundido tivesse passado por cima de mim, em cima do meu corpo. Porém, ainda não havendo força e vontade...