23 de junho de 2013

"O vento que passa,
O silêncio que fica
A passagem do tempo
As indas da vida

O momento que vem
O sorriso que inventa
Às chegadas das noites
As indas dos dias

A poesia que se cria
Uma inspiração como guia
Um sentido inexplorável
Para um coração que bate."

Quis escrever nas noites mais frias e longas das quais cada um dos meus pensamentos eram naufrágios. Mas não fui permitido a escrever com pe...