12 de dezembro de 2013

"Assim o fogo á água
Tal imprudência, assim o infinito
Ainda sim como dois opostos
Desprovidos de atrações,

Mas que se encontram."

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!