27 de junho de 2014

... Sentimento, assim, sem fim.

"Que tive um sonho,
Vaguei além do tempo
Corri sobre teus campos
De flores, te colhi em sentimento

Não noite sem fim
Mas como um anjo que trás
Clareza aos olhos
Pois te enxergo além de menina

Ès como  como um divino mar
Onde se escondem meus mistérios
E flutuam minhas estrelas
Ès uma constelação, onde nada vaga alheio

Pois também és meu meu vento
De um Norte sem fim
Que se faz em todas as estações
De um tempo, em que se quer o tempo passa

Pois tudo aqui, paira
Porque te ver além do olhar,
È buscar-te, sentir-te sem tanto te tocar
Pois és folha de minhas telas
         //Imaginadas, em que um tempo distante pintei e aqui mesmo sem te ter, realizei.
          ...

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!