11 de agosto de 2014

...|È como o orvalho de inverno.
 Escorre sobre as folhas,
 Cai sobre o campo, e rega
 Novas flores, novos perfumes.
           //Ah, esse perfume.

O elixir da vida

Que frui como fumaça espessa e sem pesar Não faz desvendar nenhum mistério Onde olhos algum vê, sente a alma e morre o corpo E no além d...