18 de abril de 2016

Feliz o homem que no auge da infeliciade descobre que ser só, é estar e ser feliZ. E então percebe de cima que ser parte da multidào é ser apenas mais um .

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!