22 de abril de 2018

Sem pensamentos...
Sem impressões...
Sem os "não seis"...
Desfaz-se as ilusões.

Sua voz... Quanta ternura num só ser, Mas por hoje! Almejo sonhar no teu sono E no limiar do teu descanso Repousar em teus seios!