31 de outubro de 2009


           "Todo mundo tem um mundo privado, a mente. Onde é o único lugar que se pode estar só... Você estava chamando por alguém? Tentando se superar dos medos? Esteve procurando por alguém? Um segundo de eternidade parece logo em uma mente."
O que costumava ser como antes, continua sempre mudando com a passagem do tempo.
           Nunca desejamos algum tipo de 'atenção' extra por que as vezes desejamos ser o que o outro é... Trocar os sapatos por algo mais leve, mudar a mente. E ser simplesmente como desejavamos. A fraqueza, é a ferida que ninguém quer falar sobre, conseguirá deixar a a necessidade para impressionar? Se não podemos suportar o modo que a vida nos prega, encontre um lugar bem alto... E lembre-se de que um pulo, é o suficiente para sentir os pés, e que a troca de pensamentos a chave para iludir a realidade.

Deixe-me compartilhar com você uma memória

Dentro desse sonho, há uma imagem da morte E ela me leva onde há um saco de ossos Em que ali está o meu nome E pelo corredor daquele vale...