26 de novembro de 2009


    — E quero que sempre tente, tente... Eu sei que alguém tentou, se empenhou.
Para que não desanimasse. Lucidez, não tarda a chegar."
Ah, como eu queria que as paredes falassem. E os pássaros pudessem nos levar...
As coisas seriam diferentes, e você teria sempre companhia. Como também voaria sem insegurança... A liberdade está nas coisas mais simples e existentes.

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...