12 de novembro de 2009

        ∙∙  Sentia-me sonolento, e perdia-me no compasso dos pensamentos...
Pensei que nada sairia, mas começou com uma letra maiúscula, aqui no meio estão minhas ideias, e não sei aonde isso tudo poderá terminar, não existe um ponto final, mas sim um novo modo de começar, tentar, seguir, conquistar, e ser feliz.

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...