14 de janeiro de 2010

"Percalça, era tua vida
cheia de armadilhas e ciladas
a cada momento que,
passou
Minaram seu passado, vivo no
presente.
Seus dias, passados,
seus dias, de hoje.
Foram de maus, e bons
momentos.
Talvez tenha vivido, pouco
amado apenas o mercúrio
seu mundo azul, deveras...

"A suas cordas, concedem sempre uma folga. E você ainda poderá seguir, sem algo que apenas pressente."

"Atenua-se no vasto céu negro antigas estrelas e esplendorosa e formosa lua...

Fazendo mundos surgirem junto a sensação do vento noturno Solstício outono também declama o amor as folhas Onde cada uma delas também...