25 de fevereiro de 2010

"Entre nós e laços, como amantes que se abraçam. Como dois que se tornam apenas, um. Uma noção de tempo para desaparecer no espaço. Uma emoção rara, para se ver apenas agora. Seu coração acelera... O paraíso, em uma pequena parte, começa a dançar na ponta de seus dedos. Você estende a mão e o toca, se existem palavras, que possam explicar este pequeno paraíso em seu profano. Um lugar entre o vasto céu, e a terra.
     ─ “ Um impossível, pairando ao longe. E tu quase podendo saboreá-lo.”

"Eu e Ela."

Não são moedas meus anseios Ardentemente, desejo além do pensamento Porque não enxergo com os olhos Enxergo com a alma E somente ela sab...