14 de março de 2010

          (...) Sorrisos, planos, promessas demais. Tempo, eu, você... Amanhã, depois (...) Este lugar ainda é meu. Meus sorrisos são sinceros, meus planos passatempo. Minhas promessas não feitas, o tempo eu tenho. E você agora inventa (...) Amanhã um novo dia, cheio de sorrisos. Depois algo que ainda não vivi."

Os demônios

Os demônios A penumbra da madrugada fria Onde estreitos eixos se debatem Como um finíssimo aço na mata que se propaga Um saco de ossos v...